Sunday, January 06, 2008

As Dez + de 2007

Inspirado por outros blogs e pelo falo deste espaço receber o nome do ilustríssimo John Cusack (vulgo Rob Gordon, do cult movie "Alta Fidelidade"), resolvi redigir a minha lista das dez músicas q mais fizeram a minha cabeça no ano q se passou...

Queria tê-la postado no final de dezembro mas como a minha conexão de internet ñ decidia se ia embora com o ano velho ou ficava pro ano novo, tive uma série de problemas...

Bem, a minha lista segue abaixo e espero q vcs gostem. No próximo post, a programação volta ao normal (tenho muitas coisas p/ mostrar)

Feliz Ano Novo Atrasado!!!


1) The Teenagers - Starlett Johansson
Nunca pensei q ouviria indie rock francês e q, ainda por cima, gostaria. Quem me conhece sabe pq eu coloquei essa música na primeira posição...rsrs



2) Editors - An End Has a Start
Petardo pós-punk q funciona tanto como radio song, quanto numa pista de dança. É bem 2.0 mas tb passaria batido numa coletânea tipo "Rock Inglês: 1978-84", entre as faixas do Joy Division e do Echo & The Bunnymen...Ah! E se já ñ bastasse, tem um dos clipes mais cool do ano, cheio de dançarinas com uniformes de ginástica!!!



3) Joe Lean & The Jing Jang Jong - Lonely Buoy
Joe Lean e sua trupe seguem a cartilha "Strokes" à risca: visual retrô, atitude blasé no palco, descontração de editorial de moda, cabelinhos ensebados e guitarrinhas sujinhas...aonde isso vai levá-los, eu ñ sei! A única certeza q eu tenho é q eles só lançaram singles excelentes até agora! Uma das promessas p/ 2008...



4) The Hives - Tick Tick Boom
Escolhi o primeiro single mas o disco é tão bom q qualquer faixa dele entraria no seu lugar, fácil, fácil. Cheio de referências, gritos e da ireverência típica dos suecos, "The Black & White Album" poderia ser o disco do ano se ñ tivesse saído tão no final deste! Ñ faz mal, fica p/ 2008...



5) Arcade Fire - No Cars Go
É bem cafona o q eu vou escrever mas é impossível definir com palavras, a real dimensão do que é um show a vivo do Arcade Fire! Assistam!!!



6) The Rakes - When Tom Cruise Cries
Uma das canções com o título mais engraçado da história da música pop. Gosto das guitarras dela pq resumem ,de forma emblemática, o tipo de som q a juventude curte hj e, pq se os Rakes fossem uma banda dos anos 80, elas poderiam ser substituídas numa boa por sintetizadores programados em loopping (o popular sintetizador "q dá voltinha")



7) Dave Gahan - Kingdom
É ruim pq é uma típica canção genérica de música eletrônica p/ se ouvir no caminho da balada. É boa pq é uma típica canção genérica de música eletrônica do DAVE GAHAN (vocalista do Depeche Mode) p/ se ouvir no caminho da balada.



8) Bloc Party - We Were Lovers
Vou contar uma historinha p/ vcs: quando soube q o segundo disco deles, "A Weekend in The City" já estava disponível na net, fui igual a um louco atrás! E a minha decepção ao ouvi-lo foi proporcional ao desespero p/ achá-lo (fui dormir com o maior mau-humor naquela noite)! Ñ me levem a mal mas ñ tava esperando (acho q ninguém esperava) um disco experimental com camadas e camadas de produção! Os caras do Bloc Party foram corajosos mas quiseram amadurecer à força com canções q eram, no máximo, razoáveis. Por isso, comecei a temer q a banda fosse puro hype!...Mas aí, um tempo depois! Eles lançaram um outro disco ("Another Weekend in The City") com as sobras de estúdio e deu p/ ver o problema ñ era criatividade mas sim o critério na escolha das músicas. Na seleção do Bloc Party, os reservas eram bem melhores q os titulares! Escolhi "We were lovers" mas poderia ter sido "Rhododendron", "Secrets", "Atonement" ou qualquer outra q poderia ter mudado a história do jogo se ñ ficasse só esquentando o banco



9) Duran Duran - Skin Divers
Uma das canções compostas em parceria com o produtor Timbaland p/ o novo disco "Red Carpet Massacre" e onde a fusão de estilos funcionou melhor! Dá p/ perceber q o baixo a la Chic do John Taylor casou bem com a batida quebrada do produtor americano...mas ao vivo, a música é bem mais Duran Duran, com mais pegada e suingue.



10) Interpol - No I in Threesome
Uma pérola enfeitada com um clipe belíssimo (Patrick Daughters mandou bem!!!) e embalada num disco pra lá de razoável.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home